DESASTRE: Vazamento de óleo em Candeias já atinge Ilha de Maré e Madre de Deus


O vazamento de óleo da Petrobras em Candeias já está atingindo a Ilha de Maré e Madre de Deus, de acordo com a líder comunitária das Ilhas de Salvador, Eliete Paraguassu. “O rio se encontra com mais dois e, com isso, o óleo está se espalhando para outros lugares pela corrente. O rio não é uma piscina, vai correndo. Já está atingindo pelo menos esses três lugares”, sustentou Eliete.

Os líderes comunitários da região irão se reunir na tarde desta quarta-feira (13) com representantes da Petrobras. A maior preocupação para a população, de acordo com Eliete, é a saúde da população. “As pessoas se alimentam desse rio, elas vivem ali. Inalar esse cheiro e comer peixe contaminado pode afetar a saúde das pessoas”, lamentou Eliete, que ressalta que o acontecido é um crime ambiental. A estimativa da líder comunitária é de que a Petrobras já tenha tirado 10 toneladas de óleo do rio. A confirmação da quantidade será dada pela empresa na reunião desta quarta-feira.



MP-BA abre inquérito 

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) instaurou um inquérito civil nesta segunda-feira (11) para investigar um vazamento de óleo no duto da Petrobras em Candeias. A empresa teria espalhado três metros cúbicos de óleo pelo rio São Paulo no último sábado (9). A prefeitura multou a Petrobras em R$ 5 milhões por conta do vazamento, que teria contaminado o rio e o manguezal, segundo técnicas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Agricultura (Sema) enviados ao local. O rio e o manguezal são utilizados por pescadores e marisqueiras da região. O vazamento teria origem em uma linha de produção que fazia a transferência de água oleosa entre a Estação de Pedra Branca e o Parque São Paulo em Candeias (BA). (BN)

POST ANTERIOR
PRÓXIMO POST
Notícias Relacionadas